Oi, vc é o visitante numero:
Nosso mascote!

Created by Crazyprofile.com
links
Meu Status
Indicador de Status
posts recentes

O sacrificio

...

...

A utima pra você

...

...

Eles adoram fazer isso

Amoo tanto, só falta uma ...

...

Muitos, e as vezes abro a...

Estou esperando, rs

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

To bem assim...

...

...

...

Pensei em você o dia todo...

...

...

...

...

...

...

Um pouco de nostalgia, po...

...

...

...

...

...

...

...

blog amigo
Minhas Musicas

MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com
Ganhei!!!
arquivos

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

blogs SAPO
últ. comentários
É uma história muito bonita, o filme é o meu favor...
Veja bem meu jovem, não é questão de se fazer de d...
Tem mulher que não deixa o cara pegar no se...
Tem mulher que não deixa o cara pegar no se...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Bem, essa é a MINHA lista de namorado perfeito :)
Isso e uma babozera, namorado perfeito e aquele q ...
Sim, continuam querendo seu bem para sempre
Não se sinta tão perdida, procure achar um lado bo...
Gostei do blog :)
Essa minha Amora é uma linda msm viu! *-* se eu so...
Ah minha Amora é tão linda... te amo tanto.. seu b...
kkkkkk que lindo ele morre de ciumes!! adoro kkk
kkkkkk abestaiada neh rum! Ai ai kkk te amo linda!
Essa amora é abestaiada, kkkkkk amo-te
e que decote neh Amora, que decote... >.
Amora linda da minha vida... eu te amo tanto! Obg!...
Sábado, 10 de Março de 2012
...

 

 

Chega de falar sobre a dor, sobre amores não correspondidos, amores proibidos, sobre coisas que não temos e sentimentos que nos fazem mal.

Por que não falamos de coisas boas? Por que não falamos de quando éramos criança e fazíamos festas de aniversário com todos os nossos coleguinhas, da alegria em abrir a sacolinha surpresa, de quando ganhávamos exatamente o que pedíamos ao papai Noel no natal ou de quando víamos nossos pais nos beijinhos e afagos desejando um amor igual ao deles quando crescêssemos? Por que não falamos de como era bom brincar na rua, bater figurinha no recreio, das notas altas que tirávamos na terceira série, das vezes que um de nossos pais nos enchia de carinho nos fazendo morrer de vergonha, de como era bom ir ao mercado quando criança só para comprar algumas guloseimas? Por que não pegamos algumas fotos reveladas e revivemos em pensamento aquela viagem que foi muito legal? Por que não rimos das roupas que usávamos, das músicas que cantávamos, dos beijos que nossos avós nos roubavam? Por que não falamos do tênis de luzinha que quase todo mundo tinha e de como era legal ‘’pisar duro’’ só para ele acender? Por que não nos lembramos do frio da barriga que sentíamos quando alguém nos empurrava no balanço, de como era legal ajudar a mãe na cozinha, o pai a lavar o carro, de como gostávamos de assistir mundo da lua, castelo rá-tim-bum, de como gostávamos de brincar de escolinha; casinha, polícia e ladrão, mãe da rua; de como sonhávamos em estudar no múltipla escolha e almoçar no gigabytes e mesmo sabendo que isso não ia acontecer, não ficávamos mal por isso? Por que não falamos do medo que tínhamos das histórias de terror que nossos primos mais velhos nos contavam, da felicidade em encontrar dois tazos no mesmo salgadinho, de como era difícil montar um brinquedo que vinha no Kinder Ovo, de como aguardávamos ansiosamente pelo nosso ovo de páscoa só pela surpresa, das vezes que a professora tinha que sair um pouco da sala e pedia para que anotássemos na lousa o nome de quem fizesse baderna? Por que não falamos dessas coisas? Por que não falamos de como nos sentíamos superiores quando não nos encontravam no pique - esconde e que, com um tapa na parede e orgulho no peito, gritávamos: ‘’Eu salvo o mundo!’’. Por quê? Por que não salvamos o nosso mundo?



publicado por Déia Nascimento às 03:46
link do post | comentar | favorito
|


Get your own Wavy Scroller
pesquisar