Oi, vc é o visitante numero:
Nosso mascote!

Created by Crazyprofile.com
links
Meu Status
Indicador de Status
posts recentes

O sacrificio

...

...

A utima pra você

...

...

Eles adoram fazer isso

Amoo tanto, só falta uma ...

...

Muitos, e as vezes abro a...

Estou esperando, rs

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

To bem assim...

...

...

...

Pensei em você o dia todo...

...

...

...

...

...

...

Um pouco de nostalgia, po...

...

...

...

...

...

...

...

blog amigo
Minhas Musicas

MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com
Ganhei!!!
arquivos

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

blogs SAPO
últ. comentários
É uma história muito bonita, o filme é o meu favor...
Veja bem meu jovem, não é questão de se fazer de d...
Tem mulher que não deixa o cara pegar no se...
Tem mulher que não deixa o cara pegar no se...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Porquê tem mulher que se faz de tão d...
Bem, essa é a MINHA lista de namorado perfeito :)
Isso e uma babozera, namorado perfeito e aquele q ...
Sim, continuam querendo seu bem para sempre
Não se sinta tão perdida, procure achar um lado bo...
Gostei do blog :)
Essa minha Amora é uma linda msm viu! *-* se eu so...
Ah minha Amora é tão linda... te amo tanto.. seu b...
kkkkkk que lindo ele morre de ciumes!! adoro kkk
kkkkkk abestaiada neh rum! Ai ai kkk te amo linda!
Essa amora é abestaiada, kkkkkk amo-te
e que decote neh Amora, que decote... >.
Amora linda da minha vida... eu te amo tanto! Obg!...
Sábado, 29 de Outubro de 2011
...

 

 

 

Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde. Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.



publicado por Déia Nascimento às 05:28
link do post | comentar | favorito

Minha gente

 

 

Meu tipo preferido de gente é aquela que espirra engraçado, que ri com a mão na barriga, que canta e dança qualquer música. Aquele tipo de gente que tropeça e finge que tá correndo, que sai de pijama na rua, que acorda rindo. Gente que não planeja tudo. Gente que pede licença, que diz “obrigado “, que pede desculpas, que chora assistindo filme. Aquele tipo de gente que é muito sincera, mas sabe…. Quando e como falar, aquele que conversa olhando nos olhos. Aquela gente que diz que te ama, que mexe no cabelo dos outros, que lê as coisas no elevador, que conta piada, que joga conversa fora, que te organiza uma festa surpresa, um almoço ou um jantar surpresa… Aquele tipo de gente que te faz sorrir, que te faz sentir importante, que se importa. Aquele tipo de gente que não tem vergonha de ser feliz. Gente que gosta de gente!



publicado por Déia Nascimento às 05:19
link do post | comentar | favorito

...


publicado por Déia Nascimento às 04:59
link do post | comentar | favorito

...
- Mas dói, nun dói?
Dói de chegar a morrer por dentro, flor. Todo dia mais um pouco…
- E ai, a gente faz que nem a saudade? Finge que não dói?
- Não flor. Ai a gente faz diferente.
- Faz como, anjo?
Ai a gente finge que supera…
- Mas, pra quê tanto fingimento, anjo?
- Nun sei, flor. Vai que o coração acredita…”



publicado por Déia Nascimento às 03:43
link do post | comentar | favorito

...



publicado por Déia Nascimento às 03:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011
...

 

 

A gente se arrisca porque gosta de chorar de vez em quando. E se arrisca mais forte ainda porque gosta de sorrir também, digo eu, que não gosto (nem um pouco) do verbo prender. Prender o riso. Prender o choro. Prender o grito. Prender o verbo. Faz a gente deixar de ser, a gente.

 

 

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 02:22
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 25 de Outubro de 2011
Pois é...

 

 

 

 

"Já faz algum tempo que não me encontro em estado de auto-suficiência. Admito, estou e vou continuar carente por um bom tempo."



publicado por Déia Nascimento às 05:29
link do post | comentar | favorito

Ohhh sono!

zzz



publicado por Déia Nascimento às 05:14
link do post | comentar | favorito

...

Noossa pessoas! Vejam só, duas da manhã e eu aqui, tentando fazer oq? Adivinhem! Tentando ESCREVER, isso mesmo. Parece inacreditável, pra voces que me conhecem tão bem e sabem que isso nunca foi realmente um problema, mais geralmente, ando tão sei lá. Meus dedos parecem não acompanhar a minha mente e escrever uma simples resenha se torna um problema de estado. Minha mãe diz que eu devo me concentrar mais, gente como que faz isso??? Estou aberta a opiniões é sério. Porque não faço a mínima idéia. Ultimamente tem sido tão dificil. Mais estou vivendo, existindo. Terminei minha resenha e sei que ficou péssima e ficaria muito feliz com um cinco, e isso me deixa frustrada, porque nunca me contentei com tão pouco. É estranho isso. Eu deveria estar feliz por estar sendo menos exigente comigo, mais não estou. Porque o mundo, ah esse não muda, e  o que não é o melhor, fica pra trás. Bem é isso, chega de tanta bobagem, vou dormir, beijinhoo pra voces que estão por aqui!



publicado por Déia Nascimento às 05:04
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Outubro de 2011
...


Eu não quero olhar para trás,
Porque eu sei que nós temos
Algo que o passado nunca poderia mudar.
E agora, eu estou presa no momento,
E o meu coração está aberto
Diga-me que você sente o mesmo

Porque eu estou pra valer..
Você está pra valer?
Eu não posso me ajudar
Esse é o modo que eu me sinto
Quando você me olha nos olhos, como você fez na última noite
Eu não aguento ouvir você dizer 'adeus'
Bem, isso parece tão certo
Porque parece tão certo
Apenas te ter aqui ao meu lado
Então não me deixe ir.
4REAL- AVRIL LAVIGNE


publicado por Déia Nascimento às 22:47
link do post | comentar | favorito

Eterna busca

 

 

 

Estamos sempre procurando a pessoa perfeita para nós, mas nunca queremos ser a pessoa perfeita para os outros...



publicado por Déia Nascimento às 22:32
link do post | comentar | favorito

...

 

 

 

"Não soube compreender coisa alguma! Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras. Ela me perfumava e me iluminava... Não devia jamais ter fugido. Deveria ter-lhe adivinhado a ternura sob os seus pobres ardis. São tão contraditórias as flores! Mas eu era jovem demais para saber amar"

 

O PEQUENO PRÍNCIPE



publicado por Déia Nascimento às 22:27
link do post | comentar | favorito

...



publicado por Déia Nascimento às 18:18
link do post | comentar | favorito

Eu lembro,

 

 

 

 

 

(…) Naquela época era tão diferente né? A gente precisava uma da outra, fazia falta. Hoje somos meras colegas. O tempo foi nos afastando e a gente se deixou levar. Foi ficando distante sem ao menos perceber. E agora? Agora eu nem te vejo tanto mais e não sinto mais tanta falta. Cada um de nós seguiu sua vida e foi em frente. Deixamos coisas para tráz. Como essa amizade. De vez em quando nos falamos, mas não é nada igual. Nós mudamos, conhecemos outras pessoas e esquecemos outras. Não há muita coisa a fazer, a vida é assim. Se um dia você sentir falta, eu vou estar aqui, mas não te garanto que será do jeito que você imagina. Mas podemos tentar ter uma boa amizade como antigamente, mas se não der certo continuaremos como estamos, vivendo.



publicado por Déia Nascimento às 18:15
link do post | comentar | favorito

...

 

 

 

 

Pense na vida como um livro. Personagens que um dia fizeram parte da história, um dia se vão. Mas outros chegarão. Para continuar a história, páginas terão de ser passadas, e restarão apenas memórias.



publicado por Déia Nascimento às 18:12
link do post | comentar | favorito

Ownt...



publicado por Déia Nascimento às 18:10
link do post | comentar | favorito

Porque a minha não é assim?


publicado por Déia Nascimento às 18:09
link do post | comentar | favorito

...

 

 

 

E foram tantas amizades feitas não foi? Muitas passaram, mas outras ficaram. Essas que ficaram são tão importantes, com elas alguns de seus melhores momentos que você passou. Elas que te fazem sorrir, foi dessas amizades que você tirou coragem para acordar em um dia triste, foi elas que estavam sempre ao seu lado, até naqueles simples momentos para jogar conversa fora, eles estão ao seu lado mesmo naqueles dias mais complicados. Ah, amigos, verdadeiros anjos criados por Deus, aqueles que te guiam e te trazem felicidade. A vida pode mudar para tentar nos distanciar, mudar nossos rumos, mas ainda lutamos por tudo isso que construímos. Porque a vida exige de nós escolhas, tem que hora que não há como fugir, mesmo que o tempo nos separe, as lembranças bons que vivemos ficaram guardados na memória para sempre. Teve momentos difíceis, eu sei, mas os bons fazem valer a pena, dá vontade de viver, ser feliz de novo. Vou estar sempre ao lado de vocês, segurando suas mãos. Até o fim. Obrigado amigos.



publicado por Déia Nascimento às 18:05
link do post | comentar | favorito

Feche. Sinta

 

 

 

"Tinha um jeito singular de fechar os olhos quando experimentava emoção bonita, coisa de segundos e coisa imensa. Era como se os olhos quisessem segurar a lindeza do instante um bocadinho, o suficiente para levá-lo até o lugar onde o seu sabor nunca mais poderia ser perdido. Eu via, olhos do coração abertos, e nunca mais perdi de vista o sabor desse detalhe. Porque quem ama vê miudezas com olhar suficiente pra nunca mais se perderem."



publicado por Déia Nascimento às 18:03
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Outubro de 2011
...

 

 

 

 

 

"Às vezes me dá enjoô de gente. Depois passa e fico de novo toda curiosa e atenta. E é só."



publicado por Déia Nascimento às 03:46
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011
Paraa Jesuíno!

É bem assim gente, quee meu amarelinho fica, sempre que fico no pc, e não dou a devida atenção á ele:

 


 

 Lindooooo da mamãe!



publicado por Déia Nascimento às 01:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O amor

 

 

 

Você sente pela sensação de conforto que ele oferece. Pela calma. Pela paz. Por ajeitar tudo lá dentro do peito. É que as paixões nos bagunçam. Nos desarrumam. O amor arruma tudo. O amor faz uma faxina emocional. O amor deixa tudo limpo, novo, claro. A paixão dá uma sensação de poder, faz o chão sacudir, seu corpo balançar. O amor traz segurança, tranquilidade. O amor é sereno. Durante muito tempo eu quis sentir aqueles efeitos e reflexos de paixões. Elas arrebentam, arrebatam, atormentam. O amor, não. O amor tem o mesmo efeito de um abraço bem longo e apertado. Ele te deixa com a cabeça nas nuvens e os pés no chão. É que amar é ter os pés no chão. Olhar para a frente junto com o outro.
A gente tem que baixar a guarda, engolir o orgulho, se deixar levar. Se perder para se encontrar. O amor é um encontro. De você com você mesmo. Amar é se ver nos olhos do outro. Mesmo que ele esteja com os olhos fechados.



publicado por Déia Nascimento às 01:12
link do post | comentar | favorito

...

 


Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria. Que apesar dos apesares, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 00:58
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
Que seja doce

 

 

 

Que não nos faltem bons sentimentos. Que nos falte egoísmo. Que nos sobre paciência. Que sejamos capazes de enxergar algo de bom em cada momento ruim que nos acontecer. Que não nos falte esperança. Que novos amigos cheguem. Que antigos sejam reencontrados. Que cada caminho escolhido nos reserve boas surpresas. Que a cada sorriso que uma criança der nos faça ter um bom dia e enxergar uma nova esperança. Que cada um de nós saiba ouvir cada conselho dado por uma pessoa mais velha. Que não nos falte vontade de sorrir. Que sejamos leves. Que sejamos livres de preconceitos. Que nenhum de nós se esqueça da força que possui. Que não nos falte fé e amor.


publicado por Déia Nascimento às 03:38
link do post | comentar | favorito

A magia

 

 

A gente nem percebe, mas se acostuma com a presença do outro, se acostuma com o olhar atencioso, com o abraço apertado, com o cheiro, sem perfumes ou requintes, cheiro de gente mesmo, único, inconfundível. A gente se acostuma com os sorrisos, os beijos, as gracinhas, com carinho, com ter vontade de se fazer compreensível ao outro. A gente se acostuma com uma porção de coisas boas que de repente fazem faltam, e se ditam assim, leves, simples e importantes, mas é uma falta diferente de outras faltas, não dói, não agride, não entristece, ela mesmo vem com seu próprio antídoto, que é a certeza do reencontro.


publicado por Déia Nascimento às 03:08
link do post | comentar | favorito

Á Andressa Cristina, minha.

 

 

 

 

As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu porém, terás estrelas como ninguém… Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto… E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre te farão rir!

 

— Antoine de Saint-Exupéry

 

 

 

E foi ótimo sentir seu braço em volta do meu ombro 
E eu tive uma sensação de que tinha meu lugar 
E eu tive uma sensação de que podia ser alguém, ser alguém, 
ser alguém...

Talvez juntos possamos chegar a algum lugar 
Qualquer lugar é melhor.

 

 


 

 





publicado por Déia Nascimento às 02:33
link do post | comentar | favorito

Vê se aprende...

 

 

 

Você deveria ser capaz de estar só, completamente só e, ainda assim, tremendamente feliz. Então, você pode amar. Então, seu amor não é mais uma necessidade, mas um compartilhar, não mais é uma carência. Você não se tornará dependente das pessoas que você ama. Você compartilhará – e compartilhar é bonito. Esta é a diferença entre relacionar-se e relacionamento: relacionamento é uma coisa: você se apega a ele; relacionar-se é um fluxo, um movimento, um processo. Você encontra uma pessoa e você ama, porque você tem muito amor disponível.




publicado por Déia Nascimento às 02:21
link do post | comentar | favorito

!

“Adoro vocês, homens, sempre tão espertos, inteligentes, cínicos, piadistas, descolados, sexuais e livres. Adoro tanto que me tornei uma cópia quase idêntica, não fosse pelo meu útero carente e pelo meu decote que ainda grita, pedindo que eu seja um pouco feminina. Um pouco.”

 


 




publicado por Déia Nascimento às 02:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

...

 

 

 

 

 

Teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: “Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!

 

— O pequeno príncipe.



publicado por Déia Nascimento às 02:11
link do post | comentar | favorito

...

"Minhas vontades, sempre infinitas, passam muito rápido. E aí eu fico achando que eu não sei ter vontades. Que eu não mereço as minhas vontades. E me sinto sempre uma traidora prestes a desistir ou a enjoar de algo que nem deu tempo de acontecer. E aí fico com preguiça ou mesmo falta de coragem para ter novas vontades. Se elas vão passar, para que raios elas servem?"

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 02:02
link do post | comentar | favorito

Vem,

 

 



publicado por Déia Nascimento às 01:59
link do post | comentar | favorito

C.F. A *-*



publicado por Déia Nascimento às 01:46
link do post | comentar | favorito

...

 

 

 

 

Ele falou sobre meu sorriso; ele, o menino do coração bom. 
Ele até queria o meu coração, todo falho, remendado, à ponto de explodir. Só pode ser louco, esse menino do coração bom…
Ele cuidava de mim, me protegia, me fazia sorrir. Que gentil o menino do coração bom!
Ele não sabia que eu era problema, não havia esquema; meu pensamento andava longe, de mãos dadas com a solidão. Ou talvez ele soubesse disso… Mas ele ainda me queria.
O menino do coração bom.

— Nicole Cardoso



publicado por Déia Nascimento às 01:18
link do post | comentar | favorito

...

Que sufocante querer escrever e não ter as palavras certas.

 



publicado por Déia Nascimento às 00:52
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 18 de Outubro de 2011
Há,

 

 



publicado por Déia Nascimento às 01:00
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Outubro de 2011
Minha garota...

 

 

 

Hoje meu dia foi tão cinza. Tão insosso. Eu não gosto mesmo de brigar com voce amora, porque voce  põe cor no meu mundo.  É estranho quando de alguma maneira voce não se faz presente, é como se faltasse algo em mim. Sinto falta das suas frases, das suas mensagens, da sua presença, mesmo que em ausencia. Me desculpe por te magoar ás vezes, me desculpe por não te corresponder, seja em carinho ou em atenção. Mais quero que saiba que eu me importo com voce. Eu sou assim mesmo, meio sei lá, rs. Mesmo perdendo nossos anéis (como me detesto por isso) é serio amora não é porque não me importo, mais sabe, nossa amizade, nosso amor, nossa cumplicidade é muito mais que um simples anel, e mesmo o tendo perdido, todas as vezes que toco meu dedo e não o sinto, eu sei que voce está bem aqui, em um lugar bem mais importante: no meu coração, na minha vida, nos meus pensamentos.

E bem, sabe, eu morro de ciumes de voce, mesmo detestando isso. E voce sabe como sou insegura, principalmente quando vejo que certas pessoas te encantam mais do que eu. Desculpa ser tão egoísta. Mais só em pensar em te perder 0,01% ja me deixa muitooo revoltada, então por favor, não se perca de mim! Porque senão com quem eu vou morar????? Quem além de voce? huhu. Te amo.

 

 

 


 



publicado por Déia Nascimento às 04:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

...

 

 

Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás. Então eu pego o passado, e transformo em poesia-ou-coisa-assim.



publicado por Déia Nascimento às 04:44
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Outubro de 2011
Viver mais

 

 

 

 

 

 Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes e comer mais pipoca, ler mais. Sair mais. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Quero ser feliz, quero sossego, quero uma tatuagem. Quero me olhar mais. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais, quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente e só o necessário para trás. Quero olhar nos olhos do que fez sofrer e sorrir e abraçar, sem mágoa. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero aceitar menos, indagar mais, ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.



publicado por Déia Nascimento às 00:27
link do post | comentar | favorito

Domingo, 9 de Outubro de 2011
Leia o manual
Eu não sou legal, não mesmo. Acho que sempre tenho razão e quando minhas previsões dão certo olho com a cara mais abominável do mundo, dou um sorriso irônico e falo o clássico eu-te-avisei. É que, em geral, eu tenho razão. Essa é a primeira –e mais importante – coisa que você precisa aprender a meu respeito. Também não vou rir caso voce me conte uma piada que eu não ache graça, pelo contrário, vou te olhar com a pior cara do mundo, como diz a minha amora, rs.  Eu não gosto de ser contrariada, leve minha opinião á serio por favor. Geralmente eu não presto muita atenção no que as pessoas dizem, mais não esqueça, quando estiver conversando comigo PRESTE ATENÇÃO,  e nem pense em olhar para outra lugar que não seja meu rosto. Gosto muito de atenção, gosto mesmo. E tambem costumo ser muito sincera, isso magoa as vezes alguns, na boa não vou dizer aquilo que voce quer ouvir, sempre direi o que sinto ou acho. Sorrio para disfarçar desconfortos. Se eu não gosto de você é bem provável que você tenha medo do meu olhar. As vezes até quem gosto sente medo. Desculpe se não sei olhar de uma maneira menos profunda. E eu posso simplesmente não gostar de você de graça. Se eu gostar de você aviso de antemão que você é uma pessoa de sorte. Eu me entrego. Quem vive comigo sabe. Quem convive comigo sente. Eu amo poucos. Mas esses poucos,pode apostar, amo muito.

 



publicado por Déia Nascimento às 22:32
link do post | comentar | favorito

Coisas "simples"

 

 

 

Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de sorte ou mero acaso. É estar perto das pessoas que amamos, que nos fazem bem e que nos querem bem. É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso. É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras. Evitar sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva, e as mágoas que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los. É valorizar as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós são destinados. E saber ignorar, de forma mais fina e elegante possível, aqueles que dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter nunca valeram um milésimo do tempo que você perdeu ao escutá-las.



publicado por Déia Nascimento às 22:17
link do post | comentar | favorito

Eu queria tanto

 

bairrodaslaranjeiras:Los Hermanos , O Vento .

 

 

Eu queria poder contar com voce, eu gostaria de dividir meus medo, meus anseios, minhas alegrias. Eu queria poder falar de voce e contar apenas coisas alegres. Eu queria por um minuto que voce me visse com outros olhos, e porque não eu também poder enxergar voce assim. Eu queria poder colocar fogo e derreter essa geleira que existe entre nós, essa barreira intransponivel,  apagando tooas as mágoas, os rancores, as tristezas. Eu queria poder te abraçar e sentir o teu coração batendo junto ao meu. Seria maravilhoso um dia ao teu lado  apenas de sorrisos e carinhos. Sem gritarias, sem cobranças, sem culpas. Eu queria poder apagar tudo aquilo que foi dito e não pode ser retirado. Eu não queria mais chorar e nem te ver chorar por tantos motivos bobos que sempre nos fazem brigar. Eu queria poder curar toda a tristeza do seu coração. Eu só queria que voce soubesse disso e acreditasse. Mais as vezes, principalmente quando se trata de nós, querer não é poder.



publicado por Déia Nascimento às 18:02
link do post | comentar | favorito

Sábado, 8 de Outubro de 2011
Infinito particular

“Não sou pra todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias.”

 

Á Jéssica Ferreira Canário, Andressa Cristina, Raquel Mendes, Leandro César, Juan Pablo, vcs colocam cor dentro do meu mundo!


publicado por Déia Nascimento às 15:50
link do post | comentar | favorito

As vezes quando voce,



publicado por Déia Nascimento às 05:07
link do post | comentar | favorito

Sim,

 



publicado por Déia Nascimento às 04:55
link do post | comentar | favorito

Apaixone-se

 

 

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 04:52
link do post | comentar | favorito

Acredite:



publicado por Déia Nascimento às 04:49
link do post | comentar | favorito

...



publicado por Déia Nascimento às 04:44
link do post | comentar | favorito

Bem assim:

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 04:34
link do post | comentar | favorito

...

 

 

“CADA RELACIONAMENTO ENTRE DUAS PESSOAS É ABSOLUTAMENTE ÚNICO. POR ISSO VOCÊ NÃO PODE AMAR DUAS PESSOAS DA MESMA MANEIRA. SIMPLESMENTE NÃO É POSSÍVEL. VOCÊ AMA CADA PESSOA DE MODO DIFERENTE POR ELA SER QUEM ELA É E PELA ESPECIFICIDADE DO QUE ELA RECEBE DE VOCÊ. E QUANTO MAIS VOCÊS SE CONHECEM, MAIS RICAS SÃO AS CORES DESSE RELACIONAMENTO.” 



publicado por Déia Nascimento às 04:13
link do post | comentar | favorito

...

 

 

“O QUE TEM DE SER, TEM MUITA FORÇA. NINGUÉM PRECISA SE ASSUSTAR COM A DISTÂNCIA E COM OS AFASTAMENTOS QUE ACONTECEM. TUDO VOLTA! E VOLTAM MAIS BONITAS, MAIS MADURAS, VOLTAM QUANDO TEM DE VOLTAR, VOLTAM QUANDO É PRA SER.”

 



publicado por Déia Nascimento às 04:10
link do post | comentar | favorito

Terra de gigantes...



publicado por Déia Nascimento às 04:03
link do post | comentar | favorito

Nino *-*, meu nino...

 

 

 

 

 

 

Disseram-me que eu estava apaixonada hoje, e isto me fez pensar. Pensar em todos que já habitaram meu coração, e no que você é diferente. Talvez você seja um pouco menos impossível, um pouco mais meu,  um pouco mais a minha cara. Eu gosto dessa sensação de ficar te querendo a todo momento, de não querer te decepcionar , para você  não ter que ir embora um dia. Talvez eu saiba bem no fundo que você é muito especial. Talvez você pudesse ser o certo, mas ao mesmo tempo o errado. Pensei também no meu ponto de vista sobre a solidão, porque eu sempre me achei uma ótima companhia para mim mesma, não vou negar, adoro ficar sozinha, lendo, escrevendo, escutando minhas musiquinhas ou fazendo o meu nada. Mais hora, especialmente agora, vejo que a solidão é muito sacana. Num dia, ela me  deixa eufórica,  pensando nessa liberdade possível de não dever satisfação a ninguém e na possibilidade infinita de realizar todas as minhas vontades. Mas, no outro dia, a solidão me dá uma rasteira daquelas bem dadas. E me faz cair na real. Então percebo que estou só, sem alguém que possa realmente me conhecer, dividir histórias, aventuras. Minhas neuras são só minhas. Acho que estou cansada de estar sempre acompanhada e mesmo assim sozinha. Talvez esteja na hora de realmente construir pontes ao invés de muros. É, pequeno príncipe, você tem razão: o essencial só  pode ser visto com o coração. E agora eu meio que enxergo o meu essencial.  Eu o enxergo. E Ele é alto, bonito, engraçado, encantador.  É inteligente e com certeza leu livros e sabe de coisas que eu nem imagine que existam, e isso é tão interessante.  Ele tem aquela lábia de garoto certinho (rs).  São coisas que a maioria treina a vida inteira pra conseguir, e ele parece ter  ao natural. Ele sempre  me ganhou nas palavras, nas coisas que me faz rir e o admirar. Ele me ganha no aconchego. Ele é tão doce.  E existe coisa mais doce que alguém te cativando o tempo todo? Ir minando aos poucos sua defesa própria. Tem coisa mais forte que alguém te invadindo aos poucos?  É tão bom quando ele me abraça. Naquele gesto cuidadoso de quem envolve e sente. Suas mãos no meio das minhas costas. As minhas o puxando pra mais perto.  Agente se olha e sorri, porque é inevitável quando o olho nos olhos. E então ele me aperta mais forte e ainda com mais carinho. E então me sinto tão feliz naquele cantinho que é tão meu,  tão nosso.  Adoro o  jeito dele de falar e o modo que me toca. Adoro a mania dele de achar tudo tão simples e tornar as coisas menos complicadas. Adoro o jeitinho tão natural que ele tem, que me faz sentir á vontade, confortável, segura. Adoro tudo que venha dele. Espero que tudo  isso permaneça. E espero que saiba que não importa quanto tempo passe, ou o que quer que aconteça entre nós:  eu estarei do seu lado.  Não importa a minha maneira tão complicada e inconstante de ser, eu sempre estarei aqui.  Não importa o depois, eu te prometo fazer valer a pena o agora.  Gostaria que soubesse que não importa as dúvidas, eu prometo te encher de certezas. E que nunca, nunca eu vou me arrepender de ter estado contigo. Quero que saiba também, que sim eu o amo. Mais será que agente pode esquecer essa idéia do amor idealizado e construir a nossa teoria, o nosso significado, o nosso, só nosso amor?  Porque assim, só assim as coisas darão certo.  E eu, de corpo, alma e coração, torço por  isso. Torço por NÓS.

 

 

 


 

 



publicado por Déia Nascimento às 01:11
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 4 de Outubro de 2011
E tudo passa...

 Você pensa que nunca vai esquecer, e esquece. Você pensa que essa dor nunca vai passar, mas passa. Você pensa que tudo é eterno, mas não é.

 

 

 


                                    



publicado por Déia Nascimento às 04:00
link do post | comentar | favorito

Meu jeito

 

 

Não tenha medo da quantidade absurda de carinho que eu quero te fazer. Nem de eu ser assim e falar tudo na lata. Nem de eu fazer charme quando simplesmente não tem como fazer. Nem de eu te beijar como se agente tivesse acabado de descobrir o beijo. Nem de eu ter ido dormir com dor na alma o fim de semana inteiro por não saber o quanto posso te tocar. Não tenha medo de eu ser assim tão imprevisível,  tão agora.



publicado por Déia Nascimento às 03:31
link do post | comentar | favorito

...

 

 

 



publicado por Déia Nascimento às 03:30
link do post | comentar | favorito

Doce outubro...

tumblr_lr8a2hbFT11qgdykbo1_500.jpg

 

 

 

"Que outubro venha com bons ventos, que me traga sorte e amor, que não me deixe sofrer, por favor. Só por um mês, faça tudo dar certo, depois veremos o que vamos fazer em novembro."

Será que é pedir muito?? Vaaaamos Outubro *-*



publicado por Déia Nascimento às 03:23
link do post | comentar | favorito


Get your own Wavy Scroller
pesquisar